Mais de 60.000 alunos capacitados

MG (31) 3495-4427, MG (31) 3450-3644, MG (31) 99201-0939, SP (11) 2368-9882, SP (11) 3522-8441,RJ (21) 4063-9441, PR (41) 4063-5441, RS (51) 4063-7441 , DF (61) 4063 6405

Situação de emergência – Pressão Baixa

pressão baixa

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA – PRESSÃO BAIXA

Gostou do vídeo? Clique aqui e inscreva-se no Fechado com a Segurança, o melhor canal prevencionista do youtube!

Entenda sobre as crises de pressão baixa

A pressão arterial se define pelo esforço que o sangue exerce nas artérias para circular no corpo. Diante de uma queda súbita de pressão, o que devemos fazer para estabilizar a pressão? Confira nesse artigo todas as principais dúvidas em relação a esse caso, quais os principais sintomas, o que pode levar a pessoa ter esse quadro, e o que fazer para resolver a situação.

 

Vamos entender o que é uma hipotensão, caso popularmente conhecido como pressão baixa, que é quando a pressão arterial está abaixo de 9 por 6. A hipotensão pode ocorrer em situações que o fluxo de sangue perde o controle e a hipovolemia que se caracteriza pela diminuição do volume líquido corporal, como exemplo a desidratação e a perda de sangue significativa.

 

Normalmente, pessoas que tem histórico de hipotensão não apresentam sintomas, fazendo essa situação não se caracterizar como um quadro grave, dependendo das circunstâncias. Quando uma crise acontece alguns sintomas se manifestam decorrente de fatores bem comuns que toda pessoa pode evitar, baixo consumo de água e de alimentos favoráveis para saúde, pois também não queremos uma crise de hipertensão que é o contrário da hipotensão.

Outros hábitos que podem fazer a pessoa ter uma queda de pressão é a automedicação, dias muito abafados com altas temperaturas, problemas cardíacos, infecções graves, entre outros.

 

Para identificar se uma pessoa está tendo queda de pressão ou até mesmo você, atine-se para os seguintes sintomas: fraqueza, tontura, suor frio, sensação de desmaio ou até mesmo desmaio, vertigem, visão embaçada, náuseas, fadiga e dificuldade na concentração, em quadros mais graves sintomas mais preocupantes podem surgir como, confusão extrema, esfriamento do corpo, respiração ofegante de taquicardia.

Deve-se ingerir sal puro em uma crise de hipertensão?

A resposta para essa pergunta é não! Essa ideia surgiu porque, como o sódio está diretamente ligado com a hipertensão, ingeri-lo faria sim a pressão subir e a pessoa com quadro de pressão baixa se estabilizar, porém, alimentos sólidos demoram um tempo maior para ser digerido no organismo e refletir na pressão arterial, então se conclui que sal debaixo da língua não tem eficácia em quedas súbitas de pressão.

O que devemos fazer diante de uma crise de hipotensão?

A pessoa deve permanecer deitada em uma posição confortável e com os pés elevados acima do coração e da cabeça; se essa situação acontecer em um local que não seja possível deitar, mantenha a pessoa sentada tentando ao máximo deixar as pernas elevadas. Tendo evidencias que se trata realmente de pressão baixa, deve-se ingerir bastante líquido para aumentar o volume do fluxo sanguíneo, de preferencia em pequenos goles. Se você tem informação que a pessoa está em jejum um suco de frutas é recomendável. Consumir líquidos com uma taxa de sódio elevada, como água com sal ou isotônicos, ajuda o corpo recuperar os eletrólitos. No entanto, se os sintomas persistirem por mais de 15 minutos deve-se encaminhar a pessoa imediatamente para um atendimento médico de urgência o mais rápido possível. Tendo esse quadro frequentemente, recomenda-se que um check-up seja feito.

não faça pagamentos por PIX.