Mais de 60.000 alunos capacitados

MG (31) 3495-4427, MG (31) 3450-3644, MG (31) 99201-0939, SP (11) 2368-9882, SP (11) 3522-8441,RJ (21) 4063-9441, PR (41) 4063-5441, RS (51) 4063-7441 , DF (61) 4063 6405

Como tratar Hemorragias – SBV

por: MA Consultoria

Como tratar hemorragias - sbv

Modulo Primeiros Socorros no curso nr10 online.

A Hemorragia se caracteriza pela perda de sangue após algum tipo de ferimento ou doença que é causada devido ao rompimento de vasos da circulação sanguínea. O quadro pode ser de hemorragia externa, quando conseguimos visualizar o sangramento presente no corpo. E temos a hemorragia interna, que é quando não conseguimos identificar o sangramento em nenhuma parte do corpo, que é quando a lesão está presente dentro da cavidade de algum órgão, como o crânio, pulmão e abdômen por exemplo.

 

 

A hemorragia externa pode levar o paciente a perder uma grande quantidade sangue em um curto período de tempo. Diante dessa informação é preciso ir ao pronto-socorro imediatamente, principalmente se o quadro apresentar feridas exsanguinantes que se dão quando o sangramento não cessa ao fim de 5 minutos.

Já em casos de hemorragia interna o foco do sangramento é mais difícil de constatar. O quadro deve ser avaliado por um médico, por esse motivo se existir suspeitas de hemorragia interna, a pessoa deve ser rapidamente encaminhada para o hospital mais próximo.

 A hemorragia se dá em decorrência de algum tipo de lesão de diferentes vasos sanguíneos, podendo ser classificada em 3 tipos:

Hemorragia Capilar

É o tipo de sangramento que acontece mais corriqueiramente. Se dá devido a pequenos cortes ou lesões leves, que atingem os pequenos vasos que estão presentes na superfície do corpo. Esses vasos atingidos são chamados de vasos capilares.

 

Para contenção desse sangramento leve basta aplicar pressão no local por aproximadamente 5 minutos. Existem casos em que o sangramento para rapidamente. Após contido o sangramento, podemos lavar o local com água e sabão, tomando cuidado com a lesão. Cubra o local com um curativo esterilizado.

Hemorragia Venosa

É a classe de hemorragia que acontece devido a algum corte de maior porte e mais profundo no corpo. O sangramento tem o fluxo contínuo e lento, e muitas vezes apresenta um grande volume.

 

Esse tipo de hemorragia é grave somente se alguma artéria de grosso calibre for atingida. Para conter esse sangramento devemos comprimir o local de ferida com panos limpos. Caso o agente usado para conter o sangramento fique encharcado é recomendável substitui-lo. A procura de um hospital é necessária, porque geralmente é necessário realizar uma sutura no local da ferida afim de evitar infecções ou novos sangramentos.

Hemorragia Arterial

É o tipo mais grave de hemorragia e pode levar até a morte em pouco tempo. Se dá quando as artérias que levam o sangue do coração para o resto do corpo são atingidas. Esse quadro apresenta sangue vermelho vivo, fluxo e intensidade grande. Dependendo da lesão, jatos de sangue podem ser expelidos para longe do corpo.

 

Visto que o sangramento é grande ele é muito grave e deve ser estabilizado o mais rápido possível usando bandagens ou panos limpos para fazer a compressão ou a execução de um torniquete. Essa classe de hemorragia é mais difícil de controlar. Diante destes casos a vítima precisa ser encaminhada rapidamente para o pronto-socorro e o suporte avançado deve ser acionado (192). Visto que o sangramento é localizado em algum membro superior ou inferior podemos elevar o membro afetado para auxiliar na contenção do sangramento. Não é recomendável que o torniquete fique por um longo período impedindo a circulação. O impedimento da circulação pode levar a morte dos tecidos do membro afetado, mais um fator que indica a importância de encaminhar a vítima o mais rápido possível para o pronto socorro.

No curso nr10 online da MA Consultoria você aprende sobre Hemorragias e muito mais em nosso Modulo de primeiros socorros.

Saiba mais sobre Hemorragias

anotação de responsabilidade técnica
não faça pagamentos por PIX.